quinta-feira, 1 de agosto de 2013

She Will Be Loved cap 15

Me joguei no sofá com as mão no rosto e gritei. Como isso pode acontecer comigo? Eu fui iludida, e agora sem querer estou iludindo o meu melhor amigo? Isso não pode estar acontecendo comigo. Deitei no sofá e cobri minha cabeça com o travesseiro.

Max on

Subi para meu quarto e bati a porta com força, PORRA porque ela não se apaixonou por mim ao invez daquele imbecil do Justin? Merda, eu não quero estragar nossa amizade, eu sei que assim pelo menos eu posso estar perto dela, cuidar dela, mesmo que seja de longe.


[...]


Acordei já era umas 10h da manhã. eu fiz minha higiene e fui preparar o café, já que meus pais foram para o Havaí a ''negócios'' e me deixaram sem Jenny ( minha empregada desde que nasci), quando o relógio marcou 10:35  a Sam desceu.


Max: Bom Dia!
Sam: Bom dia Max! (ela sorriu e me deu um beijo na bochecha)
Max: Ta com Fome? (peguei a panela com ovo mexido e pus na mesa)
Sam: Morrendo! (ela mordeu os labios e pegou o prato)
Max: Sam? ( A chamei enquanto ela tomava um copo de suco)
Sam: Fala!
Max: Desculpa por ontem! (falei rapido)
Sam: Max, não precisa se desculpar!
Max: Eu não quero estragar nossa amizade. 
Sam: Você não estragou nada e nem vai! (ela pegou na minha mão e sorriu)
Max: Eu te amo! (ela riu)
Sam: Eu sei! 
Max: Não eu... (o celular dela tocou)

Sam on

Fui para a sacada e atendi o celular, o numero era restrito.

Sam: Alô?
*****: Sam? Sam é você? Sou eu Justin!
Sam: O que você quer? (bufei)
Jus: Sam agente tem que conversar!
Sam: Não quero falar com você! ( sim eu estava sendo criança u.u)
Jus: Não é questão de querer, nós precisamos... Vai Samantha!
Sam: (respira fundo) Ok!
Jus: Daqui 30min, Na praçinha perto da escola?
Sam: Pode ser! (falei indiferente)

Desliguei o celular e voltei pra mesa, Max me olhava esperando que eu falasse quem ligou, ficamos nos encarando por um tempo até ele quebrar o silencio.

Max: Era o Justin né?
Sam: Era, ele quer conversar! (ele olhou para baixo)
Max: E você vai né? (ele riu sem graça)
Sam: Querendo ou não eu vou ter que ir!

Ele se levantou e subiu para o quarto dele. A qual é? Ele vai ficar emburrado se eu '' voltar'' com o Justin? E não. Ele não pode estar gostando de mim, somos amigos desde a 4ª série. Subi para o quarto e pus uma calça jeans Skinny, uma camiseta da Vans e uma jaqueta vinho. Fui até a pracinha e Justin não estava lá. me sentei em um banco e o esperei.

Jus: Chegou cedo!
Sam: Não. Você que chegou tarde.
Jus: Chata! (ele fez careta)
Sam: Fala logo, não tenho todo tempo do mundo.
Jus: Aquilo que você viu, o beijo entre eu e a Lisa, foi um erro.
Sam: Ter transado comigo foi um erro. ( corrigi)
Jus:NÃO! Foi a melhor coisa que eu já fiz na vida. (ele fez aquela cara de sofrido e me abraçou)
Sam: Justin, seja sincero. Você tinha vergonha de mim não é? (olhei dentro dos olhos dele)
Jus: (ele me encarou por alguns segundos e desviou o olhar) Eu fui um idiota!
Sam: Eu sabia! (me soltei dos seus braços)
Jus: Não não, Sam? ( Ele me puxou de volta)
Sam: Deixa eu adivinhar. Agora que você descobriu que eu não sou mais uma garçonete vc não tem mais motivos para ter vergonha de mim? (falei e cruzei os braços)
Jus: Que saco Sam, eu to apaixonado por você, A-P-A-I-X-O-N-A-D-O. 
Sam: Justin...
Jus: Justin nada. Eu te amo, e você também me ama e ponto. (ele sorriu, e que sorriso)
Sam: Eu sei que posso me arrepender depois!
Jus: Eu te garanto que não vai! (ele chegou tão perto que eu jurei que minhas pernas iriam virar gelatina)
Sam: E como você garante que isso não vai acontecer? ( perguntei ainda de braços cruzados)
Jus: Assim! ( ele me beijou, OMG ele me beijou, em seguida vi flash de uma camera)
Sam: O que você ta fazendo? O_O (ele mandou uma foto da gente se beijando para toda escola)
Jus: Agora todos sabem de nós. Inclusive a Lisa.
Sam: Idiota! ( tentei conter o sorriso mas não consegui)

Fui pra casa parecendo uma boba alegre, me sentia nas nuvens. Eu amava Justin, e ele também me ama. Isso não é incrível? Estar apaixonada é incrível, mas também dói, dói muito. Mas quero aproveitar, não sei quanto tempo isso pode durar. Cheguei em casa suspirando e rindo para as paredes, Max estava sentado no sofá, e não moveu um músculo quando me viu.

Max: Parabéns! (ele disse sem um pingo de alegria)
Sam: Pelo o que? ( BURRA!)
Max: (ele levantou o celular) Justin me enviou a foto!
Sam: Max eu... (tentei argumentar)
Max: Não Sam, tudo bem! 

 Ele subiu para o quarto. Que merda. Magoei o meu melhor amigo.... que gosta de mim. Isso é estranho, eu queria amar o Max como ele me ama mas não escolhi amar o Justin... 




JUJUBAAAAAS ME PERDOEM? POR ESSES DIAS SEM POSTAR? É QUE EU FUI VIAJAR. ESPERO QUE TENHAM GOSTADO... 

COMENTEM POR FAVOR! 

BJUS DA ARY ♥























10 comentários:

  1. continua diva só não me faz ter um infarto do coração novamente *--*

    ResponderEliminar
  2. Ooooooooooh meu deus, que perfietooo, continua loogo! Beliebers que comentem, leia, comentem e sigam o blog (sigo de volta) mais em especial comentem ! http://imagine-beliebers-fanfic.blogspot.com.br/2013/08/1-capitulo-meeting.html divulga para min amr?

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar